Manutenção do aparelho odontológico

Tanto o aparelho fixo quanto o aparelho móvel funcionam à base de ajustes. Depois de identificados todos os problemas do paciente, o ortodontista monta um aparelho sobre medida, que vai sendo ajustado de acordo com a movimentação dos dentes e da arcada.

No caso do aparelho móvel, esse ajuste é feito através de novos aparelhos mais justos que visam movimentar o dente e a arcada até que a oclusão (mordida) fique perfeita. Já no caso do aparelho fixo, essa movimentação é promovida pelos arcos, que ligam os braquetes fazendo com que os dentes também se movimentem.

No caso do aparelho fixo, a manutenção do aparelho ortodôntico é fundamental não apenas para o desenvolvimento do tratamento, mas principalmente para a higienização da boca.

Como esse tipo de aparelho acaba dificultando a limpeza, a manutenção do aparelho ortodôntico tem como finalidade também remover o tártaro, a placa bacteriana e a sujeira que não é removida através da escovação tradicional.

Mito ou verdade? Pacientes que não têm mais osso na boca podem fazer implante dentário.

Ao contrário do que a crença popular propaga, é possível sim realizar implantes dentários quando o paciente não tem mais o osso para instalação da estrutura. Porém, o tratamento não é imediato, como nos demais casos.

Isso porque é possível realizar uma cirurgia prévia de enxerto ósseo. Porém, será necessário aguardar um tempo, determinado pelo cirurgião dentista, entre este procedimento e o implante dentário.

Para entender melhor o processo, agende uma consulta com um de nossos especialistas. Envie uma mensagem privada e reserve o seu horário!

Faceta dentária laminada: conheça os tipos disponíveis.

Para quem busca harmonizar o sorriso, a faceta dentária laminada é uma excelente opção, mas engana-se quem acha que existe um só tipo ou que são todas iguais. Dentre os tipos disponíveis estão:

- Faceta dentária laminada em resina: indicada para modificações sutis no sorriso;

- Faceta dentária laminada em porcelana: o mais versátil, ideal para corrigir problemas na cor e na forma dos dentes;

- Lente de contato dental: para correções suaves de cor, forma e espaçamento;

- Fragmento cerâmico: uma versão reduzida das lentes de contato, geralmente associada a outras técnicas.

Agende uma avaliação e saiba qual das opções é a mais recomendada para o seu caso. Entre em contato pelo WhatsApp!

 

Maneira correta de escovar os dentes

O que é melhor: movimentos horizontais, verticais ou circulares? Devemos usar uma escova manual ou elétrica? Não importa, desde que seja sempre da mesma forma e por no mínimo dois minutos.

O método ideal é dividir a boca em quatro partes, e limpar primeiro a parte superior esquerda, depois a direita. Em seguida, a parte inferior esquerda e, por fim, a direita. Deve-se levar meio minuto em cada região, da gengiva para o dente, para não machucar a gengiva.

Também é importante fazer movimentos suaves, já que, se forem muito fortes, pode gerar uma abrasão dos dentes, sobretudo quando se usa uma escova manual, porque a elétrica tem um controle de pressão.

Ainda recomenda-se trocar de escova a cada três meses ou antes, se as cerdas estiverem deformadas, o que impede uma boa limpeza, e não se esquecer de escovar a língua, que absorve bactérias como uma esponja e, depois, as espalha quando se passa a língua nos dentes.

Mito ou Verdade? O implante dentário pode ser rejeitado pelo organismo.

Algumas pessoas têm receio de procurar por um cirurgião dentista para realizar implantes dentários por receio de rejeição do organismo. Isso é um grande mito!

O corpo humano tende a rejeitar células estranhas, como em caso de transplantes, onde há a inserção de um novo órgão, por exemplo.

Esse não é o caso dos transplantes que são um corpo inerte. 

O que pode ocorrer no processo são falhas que levem a infecções ou contaminações. Contudo, isso pode também ser facilmente evitado. Basta

contar com um profissional qualificado!

Se você possui interesse em realizar um implante dentário, entre em contato conosco para agendar uma avaliação.

Nossos especialistas poderão esclarecer suas dúvidas e orientar sobre todo o procedimento!

 WhatsApp 73 98853-1364

Tel.: 73 3237-2681 / 9.8140-4724

Corrija sua mastigação


 Um sorriso bonito faz toda diferença para a autoestima, mas não é só por isso que muitas pessoas buscam pelo aparelho ortodôntico.

Ao usar o aparelho ortodôntico, o paciente pode aproveitar mais esses benefícios:

1) Prevenção de problemas gástricos, já que os alimentos poderão ser melhor mastigados, o que ajuda na digestão;
2) Prevenção de dores de cabeça, porque com dentes alinhados você poderá evitar a tensão muscular;
3) Melhora na respiração e dicção;
4) Melhora na higienização, já que com dentes alinhados ele poderá fazer uma higienização correta e prevenir cáries e doenças gengivais.

E se essa for a hora para começar a se beneficiar do uso do aparelho ortodôntico?

Quer saber mais? Entre em contato com a gente e marque uma avaliação.

WhatsApp 73 98853-1364
Tel.: 73 3237-2681 / 9.8140-4724

5 Sinais de que é hora de procurar um ortodontista para seu filho.

Tem criança em casa e não sabe quando é o momento ideal de procurar um ortodontista para ela? Bem, o primeiro passo é manter as consultas regulares, pelo menos, de seis em seis meses.

Em seguida, é importante estar atentos a sinais como:

1-Mordida aberta: os dentes da criança não fecham;

2-Houve perda precoce dos dentes por cáries ou traumas;

3-O queixo da criança está projetado para frente ou para trás, de forma visível;

4-A criança respira mais pela boca que pelo nariz;

5-A fala dela é anasalada.

Estes sinais podem ser percebidos sem qualquer especialização, mas como dissemos, a visita regular ao dentista ajudará no diagnóstico em tempo hábil para correções.

Envie-nos uma mensagem privada e agende agora mesmo!

Mito ou verdade? Cirurgia de implante dentário dói?

 

A cirurgia de implante dentário é algumas vezes citada por leigos como uma experiência dolorosa. Muito disso por falta de esclarecimento sobre o assunto.
 
A cirurgia de implante dentário em geral não dói!
 
O procedimento conta com anestesia, blindando a dor em sua única possibilidade: na gengiva. No osso, onde há também algumas intervenções leves, a dor também é
inexistente.
 
Contudo, algumas pessoas têm mais sensibilidade, o que pode gerar leves incômodos. Para isso, analgésicos e anti-inflamatórios costumam acompanhar a rotina pré e pós-cirúrgica.
 
Quer entender melhor como funciona a cirurgia, se é indicada para você ou os cuidados adequados para o seu caso? Entre em contato conosco e agende uma visita!
 

Lentes de contatos dentais para cobrir pequenos espaçamentos entre os dentes.


É comum o uso de aparelhos ortodônticos para correção de espaçamentos entre os dentes. Contudo, para aqueles que sentem o incômodo em um único local e não quer optar pelo tratamento, as lentes de contato dentais são uma excelente opção! 

Entre em contato por inbox para uma avaliação e descubra se o procedimento é adequado para você!

 

Perda de dentes afeta digestão e articulação da mandíbula.

Um adulto saudável possui 32 dentes, cada um com uma função indispensável ao organismo. Quando há perda de um ou vários dentes, a mastigação, considerada a principal delas, é afetada. Com isso, os alimentos não são triturados o suficiente, dificultando a digestão e até mesmo a absorção dos nutrientes pelo organismo.

Além disso, a mastigação incorreta gerada pela falta do dente também afeta as articulações da mandíbula, já será necessário sobrecarregar algum outro dente com a função do que foi perdido.

Para evitar estas consequências, o recomendado é a realização de um implante dentário! Agende uma consulta e saiba mais detalhes sobre os tipos de tratamento possíveis para o seu caso!